Bíblia a Mãe das Heresias!

Na década de 80 eu me deparei com um livro na biblioteca do seminário, com este título: “Bíblia a Mãe das Heresias” o engraçado é que suas páginas ainda estavam coladas, o que evidenciava que o livro nunca havia sido lido. Achei interessante e o li. O argumento do autor é de que a Bíblia serve de conteúdo para grande parte das religiões existentes. O mais interessante é que estas religiões
afirmam estar certas! Dá pra entender isso?
Em nossos dias um crescente aumento dos assim chamados “antirreligiosos” grupo que afirma não ter religião e de certa forma a combaterem, caem ainda em um erro muito comum: Não livrar-se dos vícios de linguagem da religião.
Tamanha confusão se dá no quesito GRAÇA divina. Acredito que poucos dos não religiosos e adeptos da espiritualidade “pura e simples” aqueles que combatem a religião e seus arcaicos ritos de se achegarem a Deus, entendem de verdade o que é Graça!
Para esclarecer, tudo que aponta a algum vestígio de exercício humano para alcançar algum favor do Divino é religião e não espiritualidade. A graça em contra partida, é incondicional. Por incondicional se entende que não depende de nenhuma participação humana para mérito da mesma, aliás, nada que é de graça é mérito!
Portanto, não basta nos desvestirmos da religião e de seus mantos, é preciso profunda consciência do que nos é dado por Graça. Fazendo isso iremos corrigir grande parte de alguns pensamentos equivocados produzidos pelo velho hábito religioso.
Não basta mudar o discurso, é preciso mudar as atitudes religiosas. Assim posto, entenderemos que seja o que for que apele a algum esforço de nossa parte ou qualquer outra condição que devamos cumprir para sermos atendidos por Deus é vício puro da religião!
Ao mudar o discurso e manter os velhos hábitos da religião, posso trilhar qualquer caminho, mas sigo na estrada da velha religiosidade.
Quanto ao velho livro com suas páginas ainda coladas, vale o argumento. Você pode usar a bíblia para provar o que quiser e trilhando o caminho que quiser, mas isso não faz da sua verdade a verdade de Deus mesmo usando as palavras Dele!

Previous
Next Post »
Postar um comentário
Thanks for your comment