Uma palavra aos pregadores.


Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios; 1 Timóteo 4:1
Este texto que introduzimos para reflexão nos adverte que muitas pessoas abandonarão a fé  por consequência de enganos e doutrinas de demônios. Ora, nada mais claro pra entendermos que este engano é algo sutil, algo que tem pouca diferença do que é verdadeiro mas que por assim ser, essa pouca diferença faz muita diferença!


O pior deste engano é que ele não se contrasta, mas se inclui com o que é verdadeiro para assim induzir ao erro. Esta apostasia que vemos no texto  se dá nos nossos dias de hoje em duas formas:
Primeiro temos aqueles que de fato se desgarram de cristo por este motivo e se rebelam declaradamente contra o evangelho. A pouco tempo conversei com um individuo assim, sua linguagem é sínica, debochada e carregada de revolta.
Segundo grupo a que me refiro, são daqueles que não apostatam da fé de forma a rejeitar a Cristo, mas que se desviam tornando o evangelho em outro evangelho como disse   Paulo Gl 1:7-8. Talvez este grupo seja o que mais encontramos na atualidade, são irmãos queridos e sinceros porem carregados do engano, acabam por crer nas propostas mais mirabolantes que já se viu na história da igreja. Eles amam a igreja e seus lideres e desta forma creem piamente em suas afirmações.
Porque, persuado eu agora a homens ou a Deus? ou procuro agradar a homens? Se estivesse ainda agradando aos homens, não seria servo de Cristo.Gálatas 1:1
Por este motivo, deveriam aqueles que se dizem pregadores serem fiel as escrituras e expor estes enganos e refuta-los, a palavra nunca deveria ser para agradar a quem quer que seja, muito menos a denominação.  
Pregar de forma responsável esta acima de pregar a doutrina da igreja a que se pertence, mas sim pregar o evangelho puro. Saiba que por esta atitude de fidelidade ao texto bíblico você irá sofrer retaliações, pressões e ate mesmo ter um pequeno publico. Conheço muitos lideres que não concordam com uma serie de bobagens que estão sendo disseminadas nos púlpitos da igreja brasileira, mas que por fidelidade a liderança e a denominação se omitem de trazer à luz das escrituras.
E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. Porque todo aquele que faz o mal odeia a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas. Mas quem pratica a verdade vem para a luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque são feitas em Deus. Joao 3:19-21

 Muitos pregadores são profissionais do púlpito, vivem disso e por dele viver não querem trazer conflitos  associado a sua mensagem. Pregam o que os ouvidos dos ouvintes  comicham em escutar, pregam  para agradar e terem popularidade. Já outros pregam sinceramente incrustados em doutrinas que não tem nenhuma base bíblica, mas pregam enganosamente sinceros.

Será que tem uma saída? Tem sim, há muitos que corajosamente  por não sofrer mais esta situação,  estão voltando ao evangelho.  Bem verdade que têm pagado um preço alto, mas esse preço de pregar a Cristo e somente a ele terá seus frutos eternos.

O que você como despenseiro de Cristo e do evangelho tem pregado?  A quem você agradando quando sobe a plataforma? A quem tem sido fiel?

Que os homens nos considerem como ministros de Cristo, e despenseiros dos mistérios de Deus.1 Co 4:1
Enquanto estivermos  dominados pelo sentimento de aprovação, enquanto formos negociados pelo salário que recebemos da igreja, enquanto nossa fidelidade for a denominação, enquanto a nossa consciência não estiver acima do estrelismo, não estaremos apto para tal tarefa!

Voltemos ao evangelho puro e simples!

Se você acha que devemos voltar ao evangelho puro e simples comente e compartilhe!!!

Em Cristo
Nadir Eduardo
Previous
Next Post »
Postar um comentário
Thanks for your comment